Parceria Saromcredi e Sebrae

--

 

 

Projeto Agentes Locais de Inovação (ALI) do Sebrae Minas em parceria com Sicoob Saromcredi transforma vida de empreendedores em Passos
 
Em pouco mais de três meses, foram realizados quase 200 encontros com micro e pequeno empreendedores do muncípio
 
Nos últimos anos, o Sebrae tem investido amplamente em fomentar a inovação para os pequenos negócios.  Em Passos, na regional sudoeste de Minas, desde a implantação do Projeto Agentes Locais de Inovação (ALI), em novembro de 2019, centenas de pequenos negócios já foram atendidos. Em todo estado, mais de 2 mil empresas têm sido beneficiadas com o Projeto. Para muitas delas, o  ALI tem transformado a falta de esperança em continuar o negócio em novas e boas perspectivas. 
 
Entre o último trimestre do ano passado (2020) e este ano, quando Sebrae Minas iniciou o segundo ciclo do ALI na cidade de Passos, em parceria com o Sicoob Saromcredi,  21 empresas deram início a participação no Projeto. Destas, 4 são do setor Indústria, 5 de Serviços e 12 do Comércio. Desde então, foram realizados 194 encontros, sendo 100% na modalidade on-line, totalizando 380 horas de atendimento às empresas no desenvolvimento das ferramentas do Programa ALI. 
 
De acordo com o agente local de inovação do Sebrae  Lucas Conde Stocco, com base em avaliações sobre a situação das empresa participantes, “Diferentemente  do ciclo anterior em que as empresas apresentavam problemas ligados ao acompanhamento de indicadores financeiros e administração financeira, neste segundo ciclo do projeto foi observado a necessidade de melhorias ligadas a marketing, principalmente, marketing digital e acompanhamento e avaliação da experiência do cliente a partir de um canal de pós-venda, inexistente na maioria das empresas”, conta ele.
 
Resultados observados
 
De acordo com Lucas, de maneira geral as empresas não encontraram dificuldades em fazer o levantamento dos resultados mensais como faturamento, despesas, número de clientes e número de vendas, outras passaram a se preocupar com a melhoria da comunicação com os clientes nas redes sociais, ou seja, com o marketing digital.
 
A microempresária, Dunia Freire Brandão Mattar, que administra uma chocolateria, realata que a partir de sua inserção no projeto do  Sebrae e da implantação das ferramentas sugeridas pelo ALI,  suas vendas já aumentram em 10% no atendimento de balcão e também nas redes sociais.
 
“O  Projeto ALI me fez enxergar melhor os clientes e seus interesses, fazendo com que eu me colocasse no lugar deles. Houve crescimento nas vendas, principalmente em decorrência da melhor comunicação da empresa com o mercado a partir das redes sociais. Agradeço ao Sicoob Saromcredi e ao Sebrae pela oportunidade de participar do Programa Agente Local de Inovação”, comentou Dúnia.
 
O gerente do Sebrae Minas regional Centro-Oeste e Sudoeste, Leonardo Mól, explica que no ALI são trabalhadas estratégias de marketing e finanças para buscar formas diferentes de aumentar o faturamento. “O Projeto  proporciona orientação proativa, gratuita e personalizada para micro e pequenas empresas, estimulando o talento e a criatividade dos empreendedores, incentivando a inovação e impulsionando negócios e ideias”, finaliza.
 
Sobre o Projeto ALI
A agente local de Inovação Karina Santos explica que o Projeto ALI tem como objetivo auxiliar as empresas a tomar decisões e colocar em pratica ações para identificar e sanar os possíveis gargalos que impendem o desenvolvimento do negócio. 
 
Projeto ALI em números
Duração: 18 meses
2 ciclos de 8 meses cada
52 agentes em todo estado de Minas Gerais
20 empresas são atendidas por um agente em cada ciclo
1.040 empresas atendidas por ciclo. 
Total de 2080 empresas atendidas nos dois ciclos do projeto de inovação.